Pesquisa e busca de informações para abrir empresa

Man on pedestal with binoculars and blue sky outdoors

Informação é tudo! Essa máxima é ainda mais precisa no ambiente profissional. Fazer uma pesquisa de mercado antes de dar início a um negócio deixou de ser apenas um benefício a mais. Com uma concorrência cada vez mais acirrada e dispersa em diversos ramos e nichos de atuação, a busca de informações tornou-se vital para entender o funcionamento do público, dos fornecedores e da concorrência passou a ser uma necessidade básica para qualquer empreendedor que busca o sucesso da sua nova empresa.

 

Uma pesquisa de mercado permite, entre outras vantagens, que o empreendedor conheça mais sobre os clientes, erre menos no seu processo de tomada de decisões, enxergue novas oportunidades e nichos para o negócio, diminua custos com fornecedores, descubra a concorrência e conheça melhor a eficiência dos seus produtos e serviços.

 

Mas, afinal, do que se trata uma pesquisa de mercado? Ela é parte de um plano maior, mais elaborado e mais preciso, o Plano de Negócios, essencial para o funcionamento da sua empresa. A parte de pesquisa de mercado refere-se, principalmente, a clientes, fornecedores e concorrência. Conheça os tipos de pesquisa e os processos para utilizá-las na sua empresa:

 

Tipos de Pesquisa de Mercado

Pesquisa de Mercado Primária: refere-se a coleta de informações, por meio de entrevistas, pesquisas (pessoais ou virtuais) e questionários, dos clientes, fornecedores e concorrentes;

 

Pesquisa de Mercado Secundária: foca-se na análise dos dados que já foram publicados por grandes instituições de pesquisa, como o IBGE e o IBOPE, por exemplo, para entender clientes, fornecedores e concorrentes.

 

Processo de Coleta de Informações

Métodos Quantitativos de Busca de Informações: empregam análise matemática e exigem grande amostragem de dados. Os resultados destas informações jogam luz sobre diferenças estatisticamente significativas em qualquer área que está sendo analisada, como volume de vendas da concorrência, número de potenciais consumidores na região de atuação, etc;

 

Métodos Qualitativos de Busca de Informações: ajudam a desenvolver e aperfeiçoar a pesquisa quantitativa, uma espécie de sintonia fina sobre os dados coletados no primeiro método para aperfeiçoar sua interpretação. Focado em uma amostragem reduzida, podem facilitar o entendimento, por exemplo, do motivo pelo qual consumidores com alto poder de compra em determinada região não estão consumindo produtos de luxo.

 

Ao realizar uma pesquisa de mercado é importante evitar alguns erros que podem dificultar sua análise e entendimento futuro. Um deles é utilizar apenas pesquisas secundárias, se baseando apenas no trabalho e nas informações publicadas por terceiros, que não permitem entender peculiaridades voltadas ao seu negócio. Outro equívoco comum é utilizar somente recursos virtuais, por meio do qual são encontradas informações disponíveis para todos e nem sempre precisas. Não se ater aos primeiros resultados e consultar fontes confiáveis podem auxiliar muito na redução desse erro.

 

Por último é importante sempre “sair às ruas”. Fazer pesquisa apenas com pessoas conhecidas, por comodismo ou facilidade, e mesmo utilizar-se somente da Internet, pode fazer com que o empreendedor não atinja seu target. Para obter informações mais úteis e precisas para sua pesquisa de mercado, você precisa falar com seus clientes (ou futuros clientes) sobre suas necessidades, desejos e expectativas, pesquisar, negociar e conhecer seus fornecedores e suas capacidades e entender o funcionamento e as práticas (de sucesso e fracasso) dos seus concorrentes.

 

cta-ebook-abrir-negocio