Microempreendedor Individual (MEI): o que é e quais os benefícios

mei-o-que-e-beneficios

Trabalhar por conta própria, sem chefe ou patrão é sem dúvidas o sonho de muita gente. Se esse é o seu também, a realização desse desejo pode ficar mais próximo se tornando um microempreendedor. Essa opção serve para quem está querendo se tornar um empreendedor ou para aqueles que já possuem um pequeno negócio informal.

 

Ser um microempreendedor individual (MEI) é algo que traz várias vantagens para os novos empresários. Isso porque ele possui um cenário favorável no que diz respeito a organização fiscal e a tributária. Se você ainda não conhece bem sobre o MEI, essa opção foi criada pelo governo para fomentar o empreendedorismo no Brasil.

 

Conseguindo assim, formalizar os negócios que estão na ilegalidade no país. Além de facilitar a vida daqueles que querem abrir seu próprio negócio. Conheça e entenda melhor sobre ser um microempreendedor e quais são os seus benefícios:

 

Legalizar o seu próprio negócio

Ser um microempreendedor é principalmente ter o benefício de conseguir formalizar o seu negócio ou a sua ideia de empreendimento. Graças a essa facilidade de legalizar uma microempresa, você vai conseguir ter o seu próprio negócio, com notas fiscais e acesso a créditos especiais nos bancos, tudo voltado para pessoas jurídicas. Além de dar uma credibilidade e confiabilidade ao seu empreendimento no mercado.

 

Direito a benefícios previdenciários

Investir em ser um microempreendedor é ter a garantia de estar protegido por uma previdência social. Sendo um microempreendedor, você vai poder ter uma aposentadoria por idade ou invalidez, por exemplo. Além de conquistar um auxílio-doença ou um salário-maternidade, caso for necessário.

 

A partir do primeiro pagamento feito do MEI, a família do microempreendedor já pode ter benefícios de pensão por auxilio-reclusão ou por morte. Tudo isso não seria possível se a microempresa não fosse legalizada.

 

Facilitação burocrática

Algumas pessoas ainda têm na cabeça a ideia de que conseguir formalizar uma empresa é algo bastante complicado. O MEI foi criado justamente para acabar com certas burocracias e facilitar essa legalização. Para fazer isso, é só acessar o Portal do Empreendedor e seguir o passo a passo indicado.

 

Esse cadastro pode ser feito rapidamente e ainda é gratuito. Depois disso finalizado, o registro do MEI é feito no ato, já com o cadastro do CNPJ. Tudo sem precisar adicionar mais documentos em nenhuma Junta Comercial ou outro órgão governamental. Porém, a restrição que o microempreendedor individual possui, é que a pessoa não pode ser sócia em outra empresa. Nesse caso, não poderá se tornar um MEI.

 

Isenção de impostos

Um outro benefício importante é a isenção nos tributos federais. Além de conseguir pagar muito menos pelos impostos municipais e estaduais. O MEI se torna isento de alguns impostos que outro tipo de empresa paga, e consegue também um percentual de 5% em cima do salário mínimo voltado para custear o INSS.

 

Estruturação contábil e fiscal simplificada

Se quiser se tornar um microempreendedor individual, saiba que só existe uma obrigação fiscal para esse tipo de negócio. O empresário precisa comprovar o seu faturamento no ano. E vale lembrar que esse valor nunca pode ultrapassar a soma de 60 mil reais.

 

Para fazer isso, é necessário entregar ao fisco uma declaração anual do Simples Nacional. O envio também é facilitado para os empreendedores. Ele é feito eletronicamente através do Portal do Empreendedor.

 

Possibilidade de contratação

Mesmo o MEI sendo um tipo de negócio que aceita apenas um titular, ele também permite que o empresário contrate um empregado para ajudar no micro empreendimento. Para que isso seja formalizado, é preciso apenas que o salário-mínimo, ou pelo menos o piso da categoria, seja pago para o contratado.

 

Com todos esses benefícios, investir em ser um microempreendedor pode ser a melhor saída para tornar o seu negócio um sucesso e fazer com que ele prospere e cresça ainda mais. Conheça esses e outros conteúdos voltados para pequenos e médio negócios e participe do ConMEI (Congresso Online do Microempreendedor Individual), evento gratuito e online voltado ao microempreendedor individual.

cta-ebook-abrir-negocio