Lemonade, anyone?

Quais os gastos para abrir uma empresa?

Lemonade, anyone?

Se você sonha em abrir seu primeiro negócio, já se perguntou: quanto eu preciso gastar para abrir uma empresa? É muito difícil estimar valores logo no seu primeiro investimento, em especial quando é necessário avaliar taxas regionais e trâmites específicos do seu mercado.

 

Esses gastos que parecem ser valores misteriosos somados a crise econômica atual, estão fazendo com que muitas pessoas não queiram arriscar um empreendimento novo. Porém, conhecendo os principais custos, é possível aprimorar seu planejamento e transformar o seu sonho em realidade, um dos objetivos da série “Como Abrir a Sua Empresa“.

 

O local

O espaço físico onde seu negócio acontecerá é uma parte fundamental do seu planejamento. É preciso procurar uma sala ou casa em uma área empresarial que a prefeitura permita a criação de empresas do seu nicho. Pode parecer estranho ter que verificar com a prefeitura esse item, mas essa é uma forma dela garantir que não acontecerão problemas nos centros urbanos por causa de nenhum negócio.

 

Por exemplo, caso você pretenda abrir uma loja de peças de automóveis, é bom se certificar que as adjacências possuem vagas de estacionamento, pois a prefeitura pode entender que seu negócio irá gerar um grande fluxo de carros e isso não pode prejudicar a mobilidade urbana da região.

 

Precavendo-se de que a prefeitura não terá problemas, você ganha tempo e não perde investimento, pois não há nada pior do que ter esse problema após fechar o contrato de aluguel, podendo até gerar um gasto extra logo no início.

 

Os equipamentos

É importante se programar para possíveis adaptações no ambiente, como no caso de escolas de dança, que precisam colocar espelhos nas paredes e ajustar o piso para as aulas. Um consultório precisará se preocupar com a recepção dos clientes e os gastos com mobiliário devem estar incluídos assim que começar a planejar abrir a empresa.

 

Caso você esteja planejando abrir uma loja fastfood será necessário comprar diversos equipamentos como geladeira, fritadeira, fogão, equipamento de caixa e computadores que podem ser comprados ou alugados. Além disso, é importante planejar os gastos com o estoque e seu armazenamento.

 

Ao abrir seu negócio, pense no que é essencial para criar um ambiente agradável sem precisar comprometer sua verba. Equipamentos e reformas são caros e podem reduzir sua margem de lucro nos primeiros anos, então estude ofertas e parcele suas compras.

 

As taxas

Esta fase pode parecer, para alguns, a mais onerosa e mais difícil de planejar, mas basta uma pequena ajuda para você conseguir lidar com mais essa etapa ao planejar abrir sua empresa.

 

A fim de não se perder na burocracia, procure saber quais as despesas fiscais seu negócio estará sujeito, como registrar o nome do seu negócio na Junta Comercial, a criação de um Contrato Social, inscrição estadual ou municipal, Alvará de Funcionamento e contribuições obrigatórias por estado.

 

Caso a empresa que você esteja abrindo seja um comércio, é importante procurar informações sobre o imposto estadual ICMS, que estará presente na circulação da sua mercadoria. Já empresas que são prestadoras de serviço, precisam ficar atentas ao ISS, imposto municipal para quem cumpre esse tipo de função. Além disso, é importante se familiarizar com os impostos que você irá gerar na emissão da sua Nota Fiscal Eletrônica.

 

O pessoal

Um empreendedor novato pode não se lembrar de considerar no seu planejamento o gasto com a contratação da equipe. Sendo esta composta por diversos setores, ou uma única pessoa, é um custo que precisa ser planejado no momento de abertura da empresa.

 

Você pode optar, inicialmente, por não trabalhar com funcionários, dependendo do seu negócio, mas a maior parte das empresas precisa considerar contratações. De acordo com as leis trabalhistas, existem despesas que você terá com seus funcionários além dos salários e que farão parte do seu cash flow.

 

Os gastos podem parecer muito grandes no início, então é importante economizar para que o seu investimento renda. Pense em formas inovadoras de poupar dinheiro ao abrir seu negócio, como utilizar chamadas via Skype, fazer reuniões via Google Hangout e utilizar uma ferramenta de compartilhamento em nuvem como o GoogleDrive ou o OneDrive – mais baratas quando comparadas aos custos de construção e manutenção uma rede interna de informação.

 

Levando esses pontos em consideração é possível ter sucesso e iniciar o seu negócio de forma segura e planejada. Para saber mais, acesse nosso e-Book com conteúdo exclusivo e gratuito com os passos essenciais para iniciar o seu negócio próprio.

 

cta-ebook-abrir-negocio