Como ser melhor no meu ramo de negócio: o que devo fazer para me diferenciar?

sucesso-profissional

Se você já se perguntava antes sobre isso, agora, com a crise, essa questão deve passar o tempo todo pela sua cabeça, certo? As cobranças aumentaram, a equipe diminuiu e os planos de carreira estão congelados; em compensação, as contas não param de chegar e você quer se destacar no seu negócio. A melhora de desempenho não chegará de uma hora pra outra, e você sabe disso, mas, como alcançá-la, eventualmente?

 

Alguma simples práticas diárias podem te ajudar a garantir o seu lugar no mercado de trabalho e aumentar sua excelência nos projetos. É como um esporte; treinando todo dia, você vai perceber a evolução no seu rendimento e reconhecimento. O importante é não ter preguiça, em ambos os casos!

 

Pra começo de conversa, não adianta chegar todo dia cansado no escritório. Sua disposição define o ritmo de trabalho e um timing mais lento pode ser o que falta para conquistar aquela promoção. A forma como você se apresenta afeta diretamente como você será percebido em sua networking.

 

Por isso, algumas dicas simples podem melhorar sua manhã:

 

  • Fazer exercícios de respiração assim que acordar, para oxigenar o cérebro e reduzir dores musculares;

 

  • Se alongar ao sair da cama, para evitar possíveis lesões por estresse;

 

  • Um copo de água antes do café-da-manhã, pois de noite seu organismo trabalha incessantemente e você nem percebe o quanto isso te deixa cansado até se alimentar.

 

Você não é uma pessoa matutina? Sem pânico! Tente conversar com seus superiores sobre uma mudança no seu horário, pois talvez você seja o tipo B de pessoa.

 

Se isso não for possível, por causa do seu nicho de trabalho, clientes, contratos ou relação com chefe, o melhor a ser feito é não chegar no escritório e já começar a colocar a mão na massa. Sempre espere uns 10 minutos antes de ver seu e-mail. Parece estranho, né? Mas prefira começar seu dia com uma lista das suas pendências enumeradas por prioridade. Esta preparação deve estar sempre programada para acontecimentos urgentes e imprevistos. Dessa forma, sua preparação corresponderá às suas necessidades.

 

Outra dica é: diga “não”, de vez em quando. Saber a hora de negar algo que está além de suas possibilidades é uma das formas de melhorar a maneira como o mercado te vê. Parece estranho, quando passamos a vida inteira sendo ensinados que o cliente tem sempre razão, e que qualquer pedido precisa ser atendido de forma urgente.

 

Um profissional extremamente permissivo acaba se perdendo em prazos e excedendo seu orçamento para acompanhar um know-how que pode não ser o seu. A sobrecarga reduz o seu nível de trabalho, atrapalha seus projetos e desqualifica a sua empresa.

 

O “não” precisa vir na hora certa e de forma educada. Pode ser também na forma de “eu conheço fulano, que faz esse serviço” ou ser um “quem sabe da próxima vez?” As vezes, sendo uma questão de prazo, este pode até ser renegociado, e o “não” é só para aquele momento.

 

O uso do “não” permite que você durma 8 horas por dia, curta o final de semana, faça uma viagem com seus filhos… Obviamente, não pode ser utilizado o tempo todo, mas com moderação torna as relações com clientes mais saudáveis.

 

Por fim, adquira um mindset vencedor: acorde preparado para liderar seus projetos e conquistar o respeito do mercado.

 

Pensar como vencedor pode ser muito positivo para se diferenciar no mercado, pois você passará a focar nos objetivos corretos, que não irão te fazer perder tempo, mas também te ajudará a entender melhor sobre os desvios no caminho do seu projeto, e inserir essas experiências como aprendizado na sua bagagem profissional. O seu sucesso está invariavelmente ligado a sua habilidade de não encarar problemas como erros.

 

cta-ebook-abrir-negocio